sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Dívidas? Como se livrar delas?


Por Paulo Costa
Estamos em fevereiro e as famílias sentem no bolso o peso das contas do início de ano, como material escolar, rematrícula, IPVA, IPTU, Imposto de Renda e por aí vai. Quem dirá, para quem já carrega os débitos antigos. Aí as preocupações são ainda maiores. A primeira opção, comumente falando, para encontrar uma solução é cortar gastos, como aconselham as pessoas amigas ou pelas matérias exibidas pelas TVs. Mas, como eliminar gastos se mal conseguimos pagar nossas contas e ainda acumuladas com as de anos anteriores? Como é possível quitar nossas dívidas? A tarefa não é das mais fáceis e rápidas de resolver, mas sempre há uma luz no final do túnel.

Infelizmente, o número de pessoas com as contas no vermelho cresce a cada dia. Em 2018, um total de 62,6 milhões de pessoas fecharam o ano com o CPF negativado, o que equivale a 40% da população adulta brasileira, de acordo com os dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

A região Sudeste, apesar de ser conhecida como a mais desenvolvida do país, é a que tem o maior número de pessoas com contas em atraso: são quase 27 milhões de pessoas no total, isso representa 40,6% da população adulta inadimplente. Já o número de negativados cresceu 8,44% no período, quando comparado ao ano anterior.

Em todo o país, houve um crescimento de 4,41% na inadimplência, a maior taxa desde 2012, quando foi registrado o aumento de 6,8%.  As contas tradicionais e básicas de água e luz é o maior motivo das contas no vermelho no Brasil, com 14,88% de crescimento, seguido das dívidas com os bancos, com variação de 6,81%.

E não é para menos ver este cenário com tanta gente endividada, já que vivemos na chamada Sociedade de Consumo, a sociedade pós-moderna nossa, de cada dia. O sociólogo Bauman explica o “consumo, logo existo”. Para ele, mais do que consumidores vorazes, também somos mercadorias a serem consumidos, levando-se em conta o sentido sociológico.

Desta forma, somos analisados e “consumidos” pelas aparências que temos diante de todos. Assim, precisamos estar sempre investindo em nós mesmos, consumindo, para ampliar este “valor” em nossa sociedade e ampliar a demanda sobre nós mesmos. Em outras palavras, nos tornamos atrativos socialmente, levando-se em consideração que a concorrências sempre aparece com “valores” ainda maiores. Enfim, se não consumirmos, não somos aceitos pela nossa sociedade.

Para tentar encontrar soluções, primeiramente, é preciso não se abater, não cair na falta de entusiasmo ou até a depressão. Para contribuir em lidar situações em que as dívidas estão atormentando, enumero algumas orientações. Lembrando que, em alguns casos, vale a pena procurar ajuda dos profissionais do Procon, de um consultor ou participar de algum curso ou workshop de Educação Financeira.

ANOTE ONDE ESTÁ INDO O SEU DINHEIRO
Anote tudo! Sim, tudo, desde o que você pretende comprar até o quanto e o que você já comprou. Anotando as coisas você terá um controle melhor dos seus gastos. Esse acompanhamento diário lhe ajudará a saber quando você quitará suas dívidas. Use a planilha do Excel, um bloco de nota ou apps de celular, eles realmente ajudam a se organizar.

CRIE METAS
Criar metas sempre é importante, assim podemos seguir o plano perfeitamente. Você precisa criar uma meta de quanto irá poupar por mês, quanto irá gastar. De fato, as metas facilitam as nossas vidas, e quando conseguimos alcançá-las antes do tempo previsto sabemos que fizemos um bom trabalho, ou seja, a quitação da dívida.

PESQUISE ANTES DE COMPRAR
Um ponto muito importante, nunca compre na primeira loja que ver, pesquise muito antes de comprar. Em período de inflação os preços variam muito. Existem aplicativos que fazem comparação de preço entre produtos, ou use até mesmo o Google Shopping, nele você também pode ver outras lojas que apresentam o produto e os preços.

DEIXE DE LADO O CARTÃO
Esqueça o cartão, você deve banir as compras parceladas da sua vida, elas são um dos maiores vilões para os endividados. Você pensa que gastou pouco parcelando, mas na verdade o valor real do produto aumenta por conta dos juros. Usar o dinheiro faz com que você se controle, faz com que você pense antes de gastar loucamente, além do mais, muitos produtos têm desconto se pagos à vista.

ADMINISTRE OS SEUS GASTOS
Você está no vermelho, lembre-se disso, ou seja, chega de gastar, gaste somente com o necessário. Esta é a oportunidade para readequar seu padrão de vida ao seu ganho mensal. Elimine os desperdícios e os supérfluos, como, por exemplo, sair para comer fora, TV a cabo, despesas na padaria... Lembre-se que no final vai valer a pena.

EVITE TOMAR MAIS EMPRÉSTIMOS
Ao contrário do que muitos pensam, o empréstimo não salva, ele ajuda você a afundar mais, pois a partir de um certo tempo você tem que devolver esse dinheiro, que por sua vez contém juros. Ou seja, o valor real a ser pago será muito maior do que você pegou.

RENEGOCIE A DÍVIDA
Juntar a maior quantia de dinheiro possível, adiantar várias parcelas de sua dívida e negociar um desconto no saldo devedor. Ou, ainda, ofereça um valor à vista para quitar o valor pendente. Caso os juros e o valor da dívida sejam muito altos, converse com o seu gerente para renegociar esse valor e os juros. É possível também fazer a portabilidade da dívida.

Por fim, o segredo não é ganhar mais dinheiro como todos podem pensar, mas sim, desenvolver a Educação Financeira, é aprender a administrar melhor o que recebe, adequando comportamentos, hábitos e atitudes, em relação aos recursos financeiros.  Temos uma falsa ilusão de que, se nossa remuneração fosse maior, resolveria tudo, mas não é verdade. Nosso rendimento pode aumentar, mas as dívidas irão persistir. Caso não ocorra os ajustes, não haverá êxito.

A busca pela educação financeira deve começar desde os primeiros momentos de vida, em um ambiente de criação dos filhos e filhas.  Quando uma criança tem os primeiros contatos com o dinheiro, a mensagem que chega dos pais, avós e parentes próximos de forma geral vem por meio de frases como: “Tome aqui um dinheirinho, vai comprar um sorvete, uma bala, etc.”. O recado que fica para a criança é: dinheiro é para gastar mesmo.

Precisamos mudar esta lógica, por que não sugerir: “Tome aqui esse dinheiro e deposite a metade em sua poupança, gaste somente uma parte”. Assim, certamente, teremos mais chances de seguir numa vida tranquila alcançando nossos objetivos e conquistando nossos sonhos.

Paulo Costa é palestrante e Coach financeiro

domingo, 17 de fevereiro de 2019

Conhece pessoas com um nível de cobrança absurdo? Ou AUTOCOBRANÇA ?

O Corpo Explica como sua mente funciona

Conhece pessoas com um nível de cobrança absurdo? Pessoas que se cobram e cobram as outras a um nível muito além do necessário, algumas vezes muito além do aceitável. 🤔
O Corpo Explica isso.
Todos os 5 tipos de traços de caráter serão exigentes, mas um em especial "erra a mão" tanto consigo quanto com os outros na hora de cobrar perfeição na hora de fazer qualquer coisa.
Estamos falando do traço de caráter #Rígido. Das pessoas com formato de corpo mais bem desenhado, com curvas nos lugares e muita força e disposição física pelo corpo todo. 
🏃♀🏃♂
Para não deixar ninguém confuso, especialmente quem já nos segue: Os outros tipos de traços irão exigir coisas para si, não necessariamente exigir "perfeição".
Por exemplo: o traço de caráter esquizóide (pessoas magrelas com a energia concentrada na cabeça), vai exigir isolamento e respeito pelo seu jeito racional de ser e funcionar. O máximo que ele vai exigir dos outros é um nível de lógica na comunicação. 
💆♀💆♂
Já o traço de caráter oral (pessoas mais fofinhas) vão exigir contato e um nível de sensibilidade na relação. Mas esse traço nunca vai exigir perfeição de ninguém. Nem de si mesmo e nem dos outros. Mesmo que as coisas deem errado, se ele tiver contato ele está bem e vai entender o erro do outro. 
🗣
O traço de caráter psicopata (pessoas com aspectos triangulares no corpo, grande em cima e pequeno em baixo) são pessoas que esperam que o outro gere resultado para si, mas por ser um tremendo articulador, ele sabe levar o outro a uma performance aceitável sem exigir muito dele. Ele tem jeitinho na condução. 
🔺
O traço de caráter masoquista (pessoas mais quadradas e fortes) exigirão apenas segurança para si. Se elas estiverem seguras no que estão fazendo, por mais que o outro erre ou não consiga fazer tão bem feito assim, ele irá entender e ainda irá ajudar. Essas pessoas frequentemente pegam para si o erro dos outros. Quando o outro erra ele se faz meio culpado (ou culpado inteiro) daquele erro. 

Agora, quando vamos falar das pessoas com traço de caráter predominantemente rígido, a frase deles é:
NADA É TÃO BOM QUE NÃO POSSA MELHORAR. 
Para eles, nem eles mesmos são bons o suficiente, por mais que já sejam incríveis.
Na cabeça deles eles têm que melhorar para "não ficar de fora", para não serem trocados por alguém melhor do que eles mesmos.
ESSE NÍVEL DE EXIGÊNCIA NÃO É SAUDÁVEL. 
🚨
Por um lado nós entendemos que são pessoas que vivem relações triangulares com o mundo, com as coisas e com as pessoas. Então elas precisam se sentir seguras nessas relações, sejam elas amorosas, familiares, sociais ou profissionais.
São pessoas extremamente competitivas, com elas não existe "jogar na brincadeira", é sempre "VALENDO".
Então nós entendemos que elas precisam buscar o seu melhor o tempo todo.
AGORA... ISSO É CERTO

Como aqui em O Corpo Explica nós ensinamos que "VOCÊ É QUEM VOCÊ PRECISA SER", nós incentivamos as pessoas a serem quem elas são e investirem em funcionarem como elas realmente foram programadas para funcionar.
Mas existe um nível que FOGE DO SAUDÁVEL
Quando o processo de melhoria e de exigência não tem um ponto fixo de comparação, quando a régua sobe ao infinito só porque tem que subir, quando a pessoa está competindo com quem ela nem sabe, na tentativa de ganhar um prêmio que ela não faz ideia do que seja e por isso nem se interessa por ele, aí TÁ ERRADO. 

Uma coisa é você ser quem você precisa ser, respeitar o seu jeito triangulador e competitivo de ser, outra coisa é você viver achando que nem você e nem os outros são bons o suficientes.
E isso acontece com frequência. É comum ver pessoas vivendo na dor do seu principal traço de caráter, em vez de viverem no recurso que ele oferece.
No caso dos rígidos, quando eles estão na dor, o nível de exigência extrapola qualquer nível saudável ou aceitável e a necessidade de controle vai à lua. 
🕹
PRECISA DISSO TUDO?
É claro que não. Nessas horas esse tipo de gente se tornam pessoas extremamente insuportáveis, confusas e doentias.
Nesses casos elas SEMPRE irão causar estragos em suas relações, seus negócios e no seu corpo.
E como a gente vem falando muito aqui, os pais não podem ficar de fora dessa equação existencial.
Uma pessoa com o traço de caráter rígido quando está nesse local de dor, onde ela acha que só consegue existir se ela for PERFEITA, ela está fazendo isso para agradar o seu primeiro grande amor. 
1
A mulher está fazendo isso para agradar o seu pai, muitas vezes competindo com a própria mãe (ou com as outras mulheres da vida dele) e o homem está fazendo isso para tentar ser bom o suficiente para se sentir amado, visto e importante para a sua mãe. Também competindo inconscientemente com seu próprio pai (ou com os homens da vida dela).
ISSO PODE ACONTECER MESMO DEPOIS DA MORTE DA "FIGURA DA EXIGÊNCIA”. 

É comum encontrarmos e atendermos pessoas nesses casos, na dor do seu traço de caráter rígido, lutando incansavelmente para atender o nível de exigência ou agradar alguém que já morreu.
O mais triste de tudo é que quando esse padrão se instala e não é interrompido, logo o corpo começa a doer e o próximo passo é adoecer.
Se você está vivendo esse ciclo de exigência sem fim, que você aplica tanto sobre você mesmo quanto sobre as outras pessoas: Pare e comece a exigir das pessoas que elas te amem como você é. 
🖐🏼
Provavelmente a primeira pessoa que terá que te amar como você é e perceber a beleza que você tem em ser quem você é, seria aquela que você vê no espelho todos os dias.
Se você não se achar bom(a) ou belo(a) o suficiente, os outros também não acharão, pelo simples fato de que você não quer olhos e olhares sobre você para aquilo/quem você é hoje.
Você estampou uma placa na sua testa de: ESTOU EM REFORMAS PARA MELHORIAS e está deixando sempre para amanhã a avaliação que irá te aprovar para a vida. Mas a vida está acontecendo hoje.
Exigência sem fim e a necessidade de controle extremo não são características de funcionamento do traço de caráter rígido, são indícios de que ele está na dor e por isso tenta se aperfeiçoar o tempo todo.
Talvez chegou a hora de você tentar ser feliz em vez de tentar ser perfeito ou perfeita.
😁
Até mais.
Elton, Vanessa e Guilherme
#OCorpoExplica 


Excelente artigo que resolvi divulgar no meu BLOG.
https://www.facebook.com/paulocostapalestrante/

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Pessoas MUITO Ciumentas - CONHECE ALGUÉM ASSIM?

Post aqui mais um artigo para entender a mente através do formato do corpo... #O CORPO EXPLICA

CONHECE ALGUÉM ASSIM? 😬
As pessoas ciumentas têm como predominante o traço de caráter mental rígido, que foi firmado por volta dos cinco anos de idade enquanto ela vivia seu primeiro "triângulo amoroso" com seus pais e nessa triangulação, ela saiu perdendo.
A menina perde seu grande amor, seu pai, para sua mãe e o menino perde seu grande amor, sua mãe, para o seu pai. 💔
Essa perde trouxe para a mente uma DOR DE EXCLUSÃO no momento de formação do carácter rígido, quando o processo de mielinização da medula trouxe novas sensibilidades sensoriais para a região genital, quando a sexualidade surge na nossa vida.
As pessoas ciumentas enxergam o mundo sob um ponto de vista triangular, eles sempre estão triangulando entre duas opções. Hora se dividem entre o pai e o namorado, hora entre o namorado e a carreira, hora entre uma carreira e outra.
São pessoas extremamente divididas que mantêm na vida relações triangulares e nessa relação triangular elas têm medo de serem trocadas, de serem excluídas.
É POR ISSO QUE ELAS SÃO CIUMENTAS.
Como a mente dela está sempre triangulando, ela imagina que a outra parte da relação também esteja triangulando sempre e se a outra pessoa estiver triangulando, pode ser que ela escolha a outra opção e isso é o motivo do ciúme.
E SABE COMO O FORMATO DO CORPO REVELA ISSO
Esteticamente falando são as pessoas mais "bonitas" para os padrões estéticos. Elas têm o corpo mais fluido, mais harmônico, com as "curvas no lugar" e especialmente por esse traço de caráter ser formado no momento do surgimento das sensibilidades sensoriais ligadas a sexualidade, as ramificações nervosas desse tipo de corpo trazem um "quê a mais" de sensualidade.
Pessoas belas, esbeltas, com muita energia no corpo todo são sim pessoas ciumentas.
Não é porque uma mulher é mais bonita do que a outra ela vai se sentir mais segura, na cabeça dela não tem a ver com beleza, na cabeça dela é sempre uma questão triangular. O mesmo vale para os homens.
VOCÊ CONVIVE COM PESSOAS CIUMENTAS
Então cuidado para ela não se sentir excluída de relações, situações e momentos. Quanto mais incluída ela se sentir, mais segura ela estará.
O sistema nervoso dela está programado para sobreviver em situações triangulares, isso quer dizer que ela sempre imagina o mundo com duas opções.
ELA QUER TER DUAS OPÇÕES E GARANTIR QUE NA VIDA DO OUTRO, ELA SEJA A MELHOR, NÃO A ÚNICA.
Ela não acredita em única opção, ela acredita em MELHOR OPÇÃO. 💡
Não é justo exigir de uma pessoa rígida, que ela fique tranquila em relação as outras opções, sejam essas opções coisas, situações ou pessoas.
Assim como não é justo que ela tenha que escolher entre uma coisa só. Ela funciona dividida, ela precisa de mais de uma opção e dar isso a ela, é dar paz, tranquilidade e forças para ela ser feliz.
Uma grande abraço
Elton, Vanessa e Guilherme
#OCorpoExplica
https://www.facebook.com/paulocostapalestrante

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

APOSENTADORIA COM APENAS R$3 POR DIA ?


Aposentadoria com R$3,00/dia

É possível concretizar um sonho, como a de uma aposentadoria tranquila financeiramente, a partir do valor de R$ 3,00, o preço de um refrigerante. Mas, para isso é preciso começar agora, com planejamento e disciplina para, paulatinamente, consolidar a sua educação financeira.

Esta rotina pode não ser uma das tarefas das mais fáceis, mesmo porque, estamos inseridos na vida cotidiana onde habita a Sociedade de Consumo.  Sociólogos e filósofos renomados como o francês Jean Baudrillard, cunharam o termo para designar uma avançada etapa de desenvolvimento industrial, caracterizada pelo consumo intensivo de bens e serviços disponíveis, proveniente graças a produção também em massa.

De acordo com Baudrillard, no que parece ser uma contradição, o ser humano, apesar de criador de seus objetos, é dominado por eles. Nosso dia-a-dia é dominado por alguma máquina, elevador, eletrodomésticos, a televisão e muitos outros. Assim, precisamos nos adequar nesta sociedade tecnológica e hiperconectada em que estamos imersos, sabendo aproveitar da melhor forma as alegrias que a vida nos oferece.

E o nosso desafio é fazer com que o dinheiro trabalhe para nós, definir e atrair nosso sucesso, utilizando um paradigma muito simples e muito sábio: Se você quer ver borboletas, não corra atrás, mas cuide bem de seu jardim, elas virão naturalmente. Para isso vamos lembrar o real significado de Poupança, não aquela que vem na primeira imagem da caderneta, mas, a definição correta: gastar com parcimônia, com cuidado, eliminar os desperdícios, economizar!

Diante deste cenário, uma pessoa com a idade de 20 anos, por exemplo, iniciando a sua carreira, pode conquistar o seu sonho de aposentadoria com um rendimento financeiro para garantir o pagamento de suas despesas principais economizando o valor de R$ 3,00 diariamente. Mantendo o foco, ao final de 30 anos, por exemplo, na maturidade terá arrecadado R$ 360 mil nos valores de hoje. O rendimento mensal ficaria em torno de R$ 2 mil e ainda mantendo o montante em sua conta.

Isso mesmo, são aquelas 3 moedas, aproximadamente o valor de um refrigerante, uma latinha de cerveja ou um café expresso, que gastamos sem a mínima noção para onde foi, e isso pode nos dar tranquilidade em uma vida futura. Vamos salvar estes R$3 reais!

Para começar, guarde em um cofre bem bonito, com a cara da riqueza, em casa, no primeiro mês. Ao final terá os seus R$ 90,00. Nesta hora, abra a sua conta gratuita em uma corretora de valores e faça a aplicação no Tesouro Direto, uma aplicação do Tesouro Nacional. E pronto. Mantenha o ritmo, guardando os seus R$ 3,00 todos os dias. No final de um ano chegará a R$ 1.200,o0 e bem mais animado, pois os seus R$3 já começam a render juros. E daí começamos a mudar a chave, sempre ligada a um sonho. Pare agora mesmo de delimitar as fronteiras de seu sucesso, mude a direção de seus pensamentos a respeito de dinheiro, riqueza e prosperidade. Foi desta forma que Richard Thaler ganhou o Prêmio Nobel demonstrando que economia não é matemática e sim psicologia e comportamento. Mexa-se! Dê o primeiro passo e descubra que você pode tomar as rédeas de sua saúde financeira! É preciso saber viver e saber que você faz o seu sucesso.

www.paulocosta.com.br


quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Você relaciona o CÂNCER com a MORTE ou com a VIDA?


Você relaciona a DOENÇA com a MORTE ou com a VIDA? 🤔
Não continue lendo o artigo sem antes responder essa pergunta aí dentro de si.
Com o que você realmente relaciona a doença na sua forma de pensar, de viver a vida e de se relacionar com quem está doente?
"FULANO ESTÁ MUITO DOENTE. SERÁ QUE VAI MORRER?" 
😳
Se essa frase faz sentido pra você, é porque você associa a DOENÇA com a MORTE.
Se você associasse a DOENÇA com a VIDA você se identificaria mais com a frase "FULANO ESTÁ MUITO DOENTE, AINDA BEM". 
🙌🏼
"Hei gente, será que vocês estão loucos ao associarem DOENÇA com VIDA e ainda querer que as pessoas COMEMOREM A DOENÇA de alguém querido?" 
🤪
Bem, não estamos loucos e não esperamos que as pessoas evoluam tanto a ponto de conseguirem "comemorar doenças".
Mas por mais chocante que isso possa parecer, a doença é um artifício de vida do nosso corpo e o mundo seria muito mais saudável se as pessoas entendessem o papel da doença tanto para o corpo quanto para a vida.
A DOENÇA USA O CORPO PARA EXPLICAR MUITA COISA.
O problema é que além de não entenderem a explicação que o corpo está tentando dar, as pessoas tentam ignorar ou calar esse aviso e quando o corpo precisa emitir um sinal mais forte, um alerta mais grave, as doenças comuns são do tipo ou do nível do câncer.
Quando dizemos do nível do câncer não estamos falando do nível de estrago, de dano ou de complexidade, estamos falando do nível de "capacidade de manifestação."
O câncer é um sinal emitido pelo corpo que dificilmente dá para ser ignorado ou calado. E aqui temos um problema.
AS PESSOAS ESTÃO TENTANDO APENAS DESLIGAR O ALERTA SEM ENTENDER O RECADO. 

Aí sabe o que vai acontecer? O corpo vai emitir um sinal mais forte e o câncer vai evoluir ou retornar (se os médicos já tiverem retirado).
O motivo pelo qual as pessoas ficam doentes é o mesmo motivo pelo qual a doença "retorna".
Se eu retiro um tumor, líquido, tecido, células e músculos de um corpo que adoeceu tentando emitir um sinal de alerta será que eu posso concluir que agora esse corpo está curado?
R: NÃO!!! 
🔊
O corpo não está curado, ele está livre do alerta que criou para indicar ou solicitar mudanças.
O problema é que a mudança não vem quando os médicos tiram um pedaço do corpo.
Embora seja um pedaço indesejado, é um pedaço importante do corpo que está sendo retirado sem nenhuma mudança mental, existencial, comportamental e relacional.
Eles estão simplesmente tirando uma parte do corpo e pronto. Não tem como dar certo.
Olhem para o universo bariátrico. Quando um médico vai tirar uma parte do corpo de uma pessoa que está acima do peso, o paciente precisa entender a importância do que vai acontecer ali.
"Olha, vamos retirar uma parte importante do seu corpo. Por mais que você não goste, você vai sentir falta e vai precisar mudar a sua forma de viver daqui para frente. Se você mudar vai dar tudo certo, se você não mudar, você pode ter sérios problemas de saúde." 
👨🏻
Se fazem isso com uma pessoa quando vão retirar um pedaço do estômago para eliminar gordura e peso, por que não fazem isso com uma pessoa quando vão retirar um tumor do corpo dela?
Tanto o peso extra quanto o tumor estão ali para dar um alerta e proteger o mundo existencial daquela pessoa de algo que no seu inconsciente é um problema sério ou um grave risco.
SE NÃO ENTENDERMOS O PAPEL DA DOENÇA NO NOSSO MUNDO EXISTENCIAL, ELA NÃO PODE SAIR.
Só estaremos prontos para vivermos sem a doença quando o nosso mundo existencial (especialmente o emocional) não precisar mais daquela doença.
Caso contrário, por mais que os médicos se esforcem e a medicina evolua. Em se tratando do câncer vai ser uma guerra de gigante: os médicos tiram e o corpo devolve. 
🔄
VAMOS PARA UM EXEMPLO MAIS PRÁTICO COM O CÂNCER.
Se uma pessoa for exposta a um ambiente ou a substâncias impróprias por muito tempo, como por exemplo o sol, sua pela vai ficar queimada 
🔥. Com mais exposição ela pode manifestar um tumor.
Quando os médicos retiram o tumor, o paciente recebe a orientação para evitar sol e passar protetor solar.
E quando o câncer é na mama ou no abdome? Esse paciente recebe alguma orientação para rever ou mudar seu estilo de vida, seus relacionamentos ou os ambientes que frequenta?
R: NÃO, MAS DEVERIA.
Aqui nós chegamos ao ponto que nós queríamos.
Não estamos aqui para culpar os médicos. O papel dele é tirar a doença e tratar o dano físico que ela pode ter causado.
O que realmente queremos que você entenda é que toda doença física é uma manifestação evidente de uma dor emocional maior do que a própria doença. 
💡
Então quando nós vemos alguém doente, nós não sentimos medo dela morrer, não ficamos com dó da pessoa e nem com raiva de Deus ou qualquer coisa do tipo.
Nós consideramos o local da doença no corpo, o tipo da doença e o formato do corpo da pessoa para entender o motivo pelo qual aquela doença está ali.
Em outra oportunidade nós explicaremos com mais tempo/espaço e mais detalhes como fazemos isso e como estamos utilizando essa abordagem para promover cura física e emocional de tanta gente.
Se você está doente ou conhece alguém que está, especialmente com câncer, ligue o seu alerta para a necessidade que você tem de entender e mudar a forma como você se relaciona com as pessoas e com a vida. 
🚨
Especialmente as mais próximas.
As pessoas que mais amamos e que mais nos amam são aquelas que mais interferem na forma como o nosso mundo existencial funciona.
As principais causas das nossas dores e das nossas doenças vêm daí.
Se você não mudar nada, a doença terá motivos para precisar voltar.
💭Reflita sobre isso, continue nos acompanhando para ter mais informações sobre isso e compartilhe esse conteúdo com o máximo de pessoas.
O Corpo Explica - e cura - doenças físicas.
Até mais.
Elton, Vanessa e Guilherme
#OCorpoExplica


Adorei este artigo - www.paulocosta.com.br 

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

VOCÊ CONHECE PESSOAS QUE SOFREM CALADOS ?

Mais um texto que explica como funciona a mente, através do corpo...
Já reparou que tem gente que sofre calado?
Algumas pessoas reclamam que seus companheiros são muito fechados, não falam o que estão passando e muito menos do que estão sentindo.
.
Isso está ligado ao momento de desfralde, uma das cinco etapas de formação dos cinco traços de caráter da nossa mente, que se refletem no formato do nosso corpo por conta de como o nosso sistema nervoso se ramifica durante essa fase do processo de mielinização da nossa medula.
.
Pessoas mais fechadas têm no formato da mente o traço de caráter masoquista mais acentuado, por conta disso, elas terão o formato do corpo mais quadrado.
.
São pessoas com a musculatura mais densa, mais travada e até a pele é mais firme. São pessoas mais "casca crossa" e elas se fecham para não se sentirem humilhadas como elas se sentiam lá atrás quando elas faziam cocô nas calças e alguém brigava com elas na frente de outras pessoas.
.
Para sobreviver em um mundo sem ser humilhada, o seu sistema nervoso se programou assim, de forma mais fechada.
.
Se você convive com pessoas assim, não as culpe por elas serem fechadas. Quanto mais você cobrar, quanto mais você expor o que ela está fazendo que te desagrada, mais ela irá se fechar.
.
Pessoas assim não são ágeis, mas são fortes. Elas não são espontâneas, mas são confiáveis.
.
Pare de cobrar dos outros que eles sejam diferentes de quem eles são e se você for a pessoa mais "quadradinha" que sofre calada, entenda que você não tem que ficar se abrindo mesmo, mas é importante ter em quem confiar.
.
Você suporta muita coisa e o segredo do seu sucesso está em escolher o que carregar e de quem carregar. Você é forte, suporta, aguenta, mas você não é lixeira emocional de ninguém.
.
1 kg de ouro pesa o mesmo tanto que 1 kg de lixo.
Escolha o que carregar e seja feliz do seu jeito.
Você é quem você precisa ser. 

Uma grande abraço
Elton, Vanessa e Guilherme
#OCorpoExplica