segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

"NADA PIOR DO QUE SE SENTIR ABANDONADO."

Estou fazendo um curso que nos ajuda a entender como funciona a mente através do estudo do formato do corpo, e vou compartilhar aqui alguns textos escritos pelos professores do curso.
"NADA PIOR DO QUE SE SENTIR ABANDONADO."
Essa é uma frase que só quem tem o traço de caráter oral mais alto poderia dizer e nós sabemos bem o motivo.
Pessoas que durante a fase de amamentação tiverem suas necessidades básicas atendias em excesso ou não tiverem essas necessidades atendidas, irão desenvolver o traço de caráter oral com mais força, isso vai dar para eles um corpo mais fofinho, mais arredondado e ao mesmo tempo cheinho por fora e vazio por dentro.
Essa é a dor existencial do caráter oral. Toda vez que algo acontecer, o sistema dele vai registrar esse acontecimento como abandono e essa dor vai bater com muita força bem no meio do peito.
"Tem dias que nada preenche esse vazio no meio do peito, essa vontade de chorar, deitar em um colo e ficar ali pra sempre."
Na verdade tem coisas que preenchem esse vazio, pelo menos por um momento.
Uma delas é chorar, colocar para fora sem tentar entender, apenas deixar a dor doer e se nesse momento você puder ter uma pessoa ao seu lado, uma pessoa que não te faça perguntas, que não queira entender e que não pegue a sua dor pra ela.
Mas aí a questão é... em que parte do mundo um adulto pode chorar sem ter que se explicar?
Vai sempre ter alguém por perto para dizer que você não tem motivos para chorar, que isso é frescura ou que sua vida é maravilhosa demais pra você ficar chorando.
Enquanto você ainda era criança, sempre tinha alguém por perto dizendo para você engolir o choro ou te ameaçando, dizendo que se você não parasse você ia ganhar um motivo para chorar de verdade.
É... chorar parece não ser uma opção tão boa. Qual seria a outra então?
COMER!
"Peraí... agora vocês ficaram malucos... A VIDA DE UMA PESSOA CARENTE VAI SE RESUMIR EM COMER OU CHORAR?"
Enquanto ela estiver na dor do seu principal traço de caráter, sim, essa vai ser a melhor maneira de ela sobreviver nesse "mundo de abandono".
O Corpo Explica o nível de carência de uma pessoa, explica se ela está se sentindo abandonada ou se ela sente que abandonou alguém ou alguma coisa.
Se você é "a pessoa carente" ou se você convive com alguém assim não tente "ENTENDER" o que está acontecendo. Entender e explicar não é o forte do traço de caráter oral, o forte dele é SENTIR.
O que você precisa é de um ambiente seguro para poder sentir a sua dor e em se falando de pessoas com traço de caráter oral, ambiente seguro significa ALGUÉM EM QUEM CONFIAR.
O sistema nervoso dos orais não está programado para sobreviver nesse mundo sozinho.
Temos uma pegada super determinista, quem nos acompanha sabe disso e chegou a hora de usar um pouco desse determinismo para ajudar as "pessoas carentes".
VOCÊ NÃO FUNCIONA SOZINHO (A).
Não se isole. Se você ainda não encontrou a cura para a sua dor e não tem com quem chorar, por enquanto coma, mas não fique só. Encontre alguém que te escute, não precisa nem ser alguém que se importe contigo, tem que ser alguém que te escute e nessas horas, evite as pessoas magrelas, de óculos e com formatos triangulares no corpo, nos outros emails você vai entender os motivos de evitar os magrelos (rs).
Prefira os mais cheinhos e de preferências os mais quadrados isso vai fazer você encontrar o seu ambiente seguro mais rápido.
AH... CUIDADO COM AS DIETAS.
Sempre que você estiver com fome, seu nível de carência vai aumentar... SEMPRE! Quando estiver com fome, mantenha-se em ambientes que você possa falar e uma garrafinha de água com bico "tipo mamadeira" pode te salvar em dias mais complicados.
Essas são dicas para te ajudar a funcionar melhor, mas a verdade é que se você não tratar a dor do seu traço de caráter oral e encontrar o recurso que ele te trouxe, você sempre vai se sentir abandonado, até pelo sol quando ele se pôr e sempre vai sentir que está abandonando alguém.
VOCÊ É QUEM VOCÊ PRECISA SER.
Só falta descobrir o que tem de bom nisso para ser feliz e não precisar se sentir carente tanto tempo e nem ter que comer tanto para tentar tampar esse buraco no meio do seu peito.
Para quem é “oral”, saiba que “o choro lava a alma”, mas não cura.
Uma grande abraço
Elton, Vanessa e Guilherme
#OCorpoExplica

Nenhum comentário:

Postar um comentário