segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

MARIDO BANANA

O CORPO EXPLICA O MARIDO BANANA

Já reparou que tem mulher que só consegue se sentir forte casando com um homem que se comporta como um banana?
_
Se você já acompanha os nossos conteúdos você já percebeu que o formato do corpo de uma pessoa explica absolutamente tudo sobre ela e no caso do "marido banana" não é diferente. 
_
Geralmente os homens tidos como banana são aqueles que suportam tanta coisa da mulher sem explodir com ela que a única explicação para tal comportamento é: ele é um banana. 
_
Mas a verdade é que o comportamento pacífico e passivo desse tipo de homem, com tipo de corpo mais quadradinho, bundinha amassada e pés que param em formato de V por conta do traço de caráter mais #Masoquistanão é um mecanismo de sobrevivência apenas dele, é também uma fuga por sobrevivência dela, da esposa, da mulher, que se por acaso se casasse com um homem sem tanta característica do traço masoquista não teria a mínima condição de levar uma relação adiante.
_
Quando nós vemos a foto de um casal, nós não precisamos conhecer as pessoas, conhecer a história para saber quem manda na relação. Só de bater o olho a gente consegue entender absolutamente tudo e quando nós identificamos um "marido banana" na relação, a nossa atenção sai totalmente dele para entender porque aquela mulher só consegue "se sentir forte" naquela relação, tendo aquele tipo de comportamento pequeno e mesquinho com um homem que tem força e habilidade de suportar qualquer coisa dela, mas ela em vez de usar a força dele para construir uma família incrível, ela usa a força dele para esconder a dor dela.
_
Não há problema em ser forte a ponto de conseguir carregar "a merda dos outros", cada um usa a sua força para carregar o que bem entender. O problema é que usar a habilidade de suportar coisas difíceis e a lealdade de um masoquista para depositar lixo emocional nele é um tremendo desperdício.
_
Se você for o marido banana, parabéns por suportar tudo isso por amor, mas saiba que você pode escolher o que carregar.
_
Se você for casada com um banana e está usando a força dele como uma lixeira emocional para suas dores, busque ajuda para conseguir ter uma vida melhor e aproveitar bem a força do homem que você tem ao seu lado.


Elton, Vanessa e Guilherme
#OCorpoExplica


Republicado por Paulo Costa, aluno do curso "O Corpo Explica"

sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

SABIA QUE O CORPO EXPLICA RELACIONAMENTOS?

SABIA QUE O CORPO EXPLICA RELACIONAMENTOS?

Relações desagradáveis ou problemas mal resolvidos entre pais e filhos podem ser nitidamente percebidos por alterações no formato do corpo das pessoas.
Uma coisa que nós buscamos quando analisamos o formato do corpo de uma pessoa é entender como as relações familiares, especialmente com pai e mãe foram construídas ao longo da sua vida.
O Corpo Explica a mente e quando entendemos a mente, entendemos a história e quando acessamos a história é possível identificar se nas relações dessa pessoa, a figura dos pais atingiram o seu objetivo máximo para preparar e permitir que a vida flua em harmonia.

PAIS DESNECESSÁRIOS SÃO SEMPRE OS MELHORES.
Quando a vida de alguém para, seja no aspecto familiar ou no aspecto profissional, o corpo dela vai explicar se ela se sente presa ou impedida de avançar na vida com sua relação com seu pai ou com a sua mãe.
Existem casos em que a pessoa se prende com a falta que o pai ou a mãe fez. Muitas mulheres com caráter rígido alto não conseguem se permitir serem felizes em seus casamentos pela falta que o pai fez na vida da mãe. Nesse caso, mesmo com um corpo belo, cheio de vida, a diferença entre o olho direito e o esquerdo vai ficar bem clara.
Há casos de pessoas com o traço de caráter predominantemente masoquista, que carrega a frustração do casamento dos pais nas costas e quando uma pessoa carrega um peso que não é seu, além de sofrer, ela não se permite carregar o peso de quem hoje deveria ser a pessoa mais importante da sua vida, sua esposa ou seu marido.
Cada um dos cinco traços de caráteres deixam marcas nítidas no corpo quando o relacionamento com os pais não é saudável.

O PAPEL DOS PAIS É TORNAR-SE DESNECESSÁRIO NA VIDA DOS SEUS FILHOS.
É estarem presentes sem terem que estar ali. Os filhos precisam se sentirem livres para seguir sem peso, sem culpa, sem sofrimento e sem marcas no corpo.
Se nós estivéssemos olhando para o seu corpo agora, conseguiríamos descrever como você se relaciona com seus pais e como isso afeta seus relacionamentos amorosos e familiares.
E nós não faríamos isso apenas para fazer um "show de mágicas", faríamos isso para te mostrar o que é seu e o que não é. O que você pode levar para a sua vida e o que você pode deixar, até para que no futuro, você tenha a coragem de se tornar desnecessário(a) na vida dos seus filhos.
A vida é bela quando flui, quando ela não flui ela gera dor, deixa marcas na nossa alma e no nosso corpo.

Uma grande abraço
Elton, Vanessa e Guilherme
#OCorpoExplica


segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

"NADA PIOR DO QUE SE SENTIR ABANDONADO."

Estou fazendo um curso que nos ajuda a entender como funciona a mente através do estudo do formato do corpo, e vou compartilhar aqui alguns textos escritos pelos professores do curso.
"NADA PIOR DO QUE SE SENTIR ABANDONADO."
Essa é uma frase que só quem tem o traço de caráter oral mais alto poderia dizer e nós sabemos bem o motivo.
Pessoas que durante a fase de amamentação tiverem suas necessidades básicas atendias em excesso ou não tiverem essas necessidades atendidas, irão desenvolver o traço de caráter oral com mais força, isso vai dar para eles um corpo mais fofinho, mais arredondado e ao mesmo tempo cheinho por fora e vazio por dentro.
Essa é a dor existencial do caráter oral. Toda vez que algo acontecer, o sistema dele vai registrar esse acontecimento como abandono e essa dor vai bater com muita força bem no meio do peito.
"Tem dias que nada preenche esse vazio no meio do peito, essa vontade de chorar, deitar em um colo e ficar ali pra sempre."
Na verdade tem coisas que preenchem esse vazio, pelo menos por um momento.
Uma delas é chorar, colocar para fora sem tentar entender, apenas deixar a dor doer e se nesse momento você puder ter uma pessoa ao seu lado, uma pessoa que não te faça perguntas, que não queira entender e que não pegue a sua dor pra ela.
Mas aí a questão é... em que parte do mundo um adulto pode chorar sem ter que se explicar?
Vai sempre ter alguém por perto para dizer que você não tem motivos para chorar, que isso é frescura ou que sua vida é maravilhosa demais pra você ficar chorando.
Enquanto você ainda era criança, sempre tinha alguém por perto dizendo para você engolir o choro ou te ameaçando, dizendo que se você não parasse você ia ganhar um motivo para chorar de verdade.
É... chorar parece não ser uma opção tão boa. Qual seria a outra então?
COMER!
"Peraí... agora vocês ficaram malucos... A VIDA DE UMA PESSOA CARENTE VAI SE RESUMIR EM COMER OU CHORAR?"
Enquanto ela estiver na dor do seu principal traço de caráter, sim, essa vai ser a melhor maneira de ela sobreviver nesse "mundo de abandono".
O Corpo Explica o nível de carência de uma pessoa, explica se ela está se sentindo abandonada ou se ela sente que abandonou alguém ou alguma coisa.
Se você é "a pessoa carente" ou se você convive com alguém assim não tente "ENTENDER" o que está acontecendo. Entender e explicar não é o forte do traço de caráter oral, o forte dele é SENTIR.
O que você precisa é de um ambiente seguro para poder sentir a sua dor e em se falando de pessoas com traço de caráter oral, ambiente seguro significa ALGUÉM EM QUEM CONFIAR.
O sistema nervoso dos orais não está programado para sobreviver nesse mundo sozinho.
Temos uma pegada super determinista, quem nos acompanha sabe disso e chegou a hora de usar um pouco desse determinismo para ajudar as "pessoas carentes".
VOCÊ NÃO FUNCIONA SOZINHO (A).
Não se isole. Se você ainda não encontrou a cura para a sua dor e não tem com quem chorar, por enquanto coma, mas não fique só. Encontre alguém que te escute, não precisa nem ser alguém que se importe contigo, tem que ser alguém que te escute e nessas horas, evite as pessoas magrelas, de óculos e com formatos triangulares no corpo, nos outros emails você vai entender os motivos de evitar os magrelos (rs).
Prefira os mais cheinhos e de preferências os mais quadrados isso vai fazer você encontrar o seu ambiente seguro mais rápido.
AH... CUIDADO COM AS DIETAS.
Sempre que você estiver com fome, seu nível de carência vai aumentar... SEMPRE! Quando estiver com fome, mantenha-se em ambientes que você possa falar e uma garrafinha de água com bico "tipo mamadeira" pode te salvar em dias mais complicados.
Essas são dicas para te ajudar a funcionar melhor, mas a verdade é que se você não tratar a dor do seu traço de caráter oral e encontrar o recurso que ele te trouxe, você sempre vai se sentir abandonado, até pelo sol quando ele se pôr e sempre vai sentir que está abandonando alguém.
VOCÊ É QUEM VOCÊ PRECISA SER.
Só falta descobrir o que tem de bom nisso para ser feliz e não precisar se sentir carente tanto tempo e nem ter que comer tanto para tentar tampar esse buraco no meio do seu peito.
Para quem é “oral”, saiba que “o choro lava a alma”, mas não cura.
Uma grande abraço
Elton, Vanessa e Guilherme
#OCorpoExplica