segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Vida financeira do colaborador preocupa empresas

Foi-se o tempo em que se pensava "o que o colaborador faz com seu salário é o problema dele, não da empresa". Cada vez mais as corporações estão mudando de visão e passando a se preocupar mais com a situação financeira dos funcionários.

É só se colocar na seguinte situação: como fica a sua vida pessoal e profissional quando você tem problemas financeiros? É possível viver tranquilamente e trabalhar com foco quando se está endividado e inadimplente?
Não tem como evitar que esses problemas afetem o serviço prestado pelo colaborador. E é pensando em reduzir a baixa produtividade que as empresas começam a investir na saúde financeira dos funcionários.
Uma das opções que as empresas encontram é adotar um Programa de Educação Financeira. Desta forma, os colaboradores aprendem a lidar melhor com o dinheiro, sair das dívidas, realizar seus sonhos materiais e ter mais qualidade de vida.
Um exemplo é a Holcim, multinacional que hoje está entre os maiores produtores de cimento e de concreto. A empresa é parceira da DSOP e oferece palestras para seus trabalhadores. "Realizamos uma pesquisa e ela apontou que um dos principais problemas dos funcionários é a vida financeira. Percebemos que eles têm dificuldades com o pagamento de aluguel, financiamento da casa própria e 75% dos nossos entrevistados apontaram que têm dívidas e alguns até mais de uma", apontou Neide Cardoso, supervisora de RH da Central Nova Lima da Holcim. "Foram oito palestras realizadas aqui e pudemos ver que a repercussão foi bastante positiva. Os funcionários comentaram, informalmente, que eles estão praticando o que aprenderam ou que vão colocar em prática".
Luciana Paula Antunes, profissional de Recursos Humanos (RH) do INSS, acredita que seja fundamental que os colaboradores adquiram estes conhecimentos. "Em nossa folha de pagamento percebemos um comprometimento muito grande dos vencimentos com empréstimos consignados e, muitas vezes, devido ao descontrole financeiro. Com a Educação Financeira, pelo menos poderemos minimizar estes problemas", destacou. "Para as empresas é importante, pois o funcionário com uma vida financeira saudável certamente terá uma produtividade maior e passará melhores resultados".

Programa DSOP de Educação Financeira

Pensando em auxiliar os colaboradores a melhorarem suas situações financeiras, a DSOP oferece o Programa DSOP de Educação Financeira nas Empresas, um programa totalmente estruturado e flexível para as necessidades de sua empresa.
O objetivo é auxiliar e motivar as corporações e seus colaboradores para que possam reavaliar sua relação com o dinheiro e encontrar, por méritos próprios, os caminhos para a independência financeira.

A saúde financeira do profissional é equivalente à saúde financeira da empresa! Conheça o Programa DSOP de Educação Financeira nas Empresas!

www.paulocosta.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário