sábado, 2 de abril de 2016

Como garantir a saúde financeira empresarial em momentos de crise


Não só no Brasil como no mundo inteiro, a situação econômica não tem andado muito boa. O dólar está altíssimo, as inflações lá em cima e tudo no mundo inteiro cada vez mais caro. Por isso, a maior preocupação dos empresários tem sido como manter a saúde financeira da empresa estável.
Em momentos como esse, a organização financeira é fundamental. E se você não sabe como fazer, nada melhor do que aproveitar o melhor do que a tecnologia de hoje te oferece para descobrir.
E já que foi exatamente essa iniciativa tomada, vamos a dicas. A seguir você verá como garantir a saúde financeira empresarial em momentos de crise.

Organização

Primeiramente, abra o Excel e vamos nos organizar. Está na hora de pôr em tabela tudo que a empresa recebe, tudo o que ela gasta e tudo o que ela deve. Coloque bem especificado e some os três totais. Afinal, precisamos saber se é possível pagar tudo que necessita com o que se ganha.
Tabela feita, hora de arrumar a tabela de contas a pagar, vamos pôr em ordem de importância. O que é mais importante à ser pago e o que é mais supérfluo.
Depois, organize a de dividas por ordem decrescente. Colocando as contas mais caras como prioridade.

Fique de olho nos custos

Analise bem a tabela, e coloque em destaque tudo aquilo que é gasto desnecessário ou coisas que possam esperar um pouquinho, que não tenham muito urgência. E depois as elimine do seu orçamento.
Em momentos de crise, não se pode gastar dinheiro com coisas que não irão fazer falta para a empresa neste momento. Fique de olhos bem abertos com os desperdícios, eles podem chegar a 30% no consumo de luz, água, telefone, matéria prima, insumos, etc..

Pague as dividas

Com a eliminação  dos gastos desnecessários e o controle dos desperdícios será ainda mais fácil conseguir efetuar esse tópico. Faça acordos para que consiga diminuir os juros, se houver, ou que seja benéfico para você em questões financeiras, com alguns descontos, que ajudam a poupar.

Crie um caixa reserva

Procure deixar dinheiro guardado para futuros imprevistos. Nunca se sabe o que pode acontecer, então essa é a melhor estratégica, por mais que você queira investir, adia os planos um pouco. 
Aproveite e planeje bem, e somente quando estiver com a situação econômica da empresa estável poderá  investir em seus planos sem preocupações.

Separe a vida empresarial do pessoal

Se está com problemas financeiros em casa, planeje-se ao máximo para que você possa resolver a sua situação financeira unicamente com seu dinheiro pessoal, sem a utilização do dinheiro ou material da empresa. Não misture um com o outro para que não se torne um vício.
Também não caia na tentação de fazer o inverso. O dinheiro pessoal não deve ir para a empresa, pois isso é um empréstimo, que gera dividas e consequentemente despesas.
E também, pelo fato de que na nossa vida pessoal também devemos ter um caixa reserva, pois nunca se sabe quando  podemos precisar.

Inove

Por último, inove, destaque-se no mercado e aproveite a crise para lucrar ainda mais. Só lembre-se de inovar com pouco, sempre com planejamento e os pés no chão. 
Se precisar consulte um especialista no assunto, consultor ou Coah Financeiro.
www.paulocostaconsultor.com.br 

Nenhum comentário:

Postar um comentário