terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Sicoob Credmed realiza curso de Educação Financeira

Visando proporcionar conhecimentos aos diretores, cooperados e funcionários, para a melhoria da sua relação pessoal com o dinheiro, de forma que tenham maior e melhor equilíbrio financeiro, o Sicoob Credmed realizou no dia 5 de dezembro o Curso de Educação Financeira. O treinamento foi realizado durante todo o dia e os participantes puderam fortalecer seu conhecimento pessoal sobre controle financeiro, através do apoio da cooperativa.

O curso abordou conceitos de Educação Financeira, a importância do planejamento; além de apresentar aos alunos sobre perfis financeiros individuais e do grupo, assim como medidas de enfrentamento aos efeitos da recessão econômica, construindo uma independência financeira. Para o analista financeiro do Sicoob Credmed, Carlos Henrique Gomes, “a conquista e manutenção da saúde financeira, é o primeiro passo para o cooperado ou empregado consiga investir nos seus objetivos profissionais e pessoais. Em especial para que nossos cooperados e colaboradores possam desenvolver suas atividades sem preocupações de pendências financeiras”.

A Educação Financeira é a base para o planejamento financeiro que auxilia a fazer escolhas inteligentes com o dinheiro que se ganha, evitando dívidas, controlando melhor o orçamento doméstico e o consumo compulsivo. Paulo Costa, Consultor e Educador Financeiro, também apresentou aos participantes os diferenciais das cooperativas de crédito, além de como eliminar dívidas e como planejar para conquistar seus objetivos financeiros.

Oceb
www.paulocostaconsultor.com.br 

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

NATAL: O QUE VERDADEIRAMENTE VOCÊ QUER DE PRESENTE?

Provavelmente você já está pensando em qual presente de Natal vai comprar para seus familiares. Mas realmente o que desejamos para esse Natal?

Me recordo quando era criança, financeiramente podia dizer que nem existia dinheiro em minha casa, mas existia “presentes”, existia pessoas presentes, existia presença de paz. A árvore de Natal era feita de galhos secos de árvores cobertos por algodão, com algumas bolas e enfeites, poucos na verdade. Mas existia presença, presença de algo que ainda não sei por onde foi. Já percebeu que ursos, refrigerantes, embalagens bonitas, brinquedos, carros, tecnologia tomaram o lugar de verdadeiro presente de Natal?
Se analisarmos em nível gramatical, o presente é um tempo verbal que indica que a ação acontece no momento em que se fala. Muitas pessoas vão comprar presentes nesse Natal, muitas vão encher a mesa na grande ceia, mas infelizmente muitas poderão cometer a grande falha de não estar verdadeiramente presente.
Assim está acontecendo há algum tempo com nossos filhos, sobrinhos e netos que não conseguirão deixar de lado por um momento, por apenas alguns minutos a tecnologia que paira nas mãos, para olhar nos olhos e dizer, o quanto se sentem felizes por esse presente, por essa dádiva que é estar presente, ser presente na vida de alguém.
Chegam a colocar a culpa na TV, na Internet e até na escola. Acredito que a verdadeira causa é o presente. O presente é algo mágico que se abre ao acordar, é a dadiva que Deus nos abençoa para viver mais 86.400 segundos, é isso (no máximo) que temos de presente por dia. Essa é, talvez a única verdade absoluta que temos sobre o presente. O tempo é um presente, o único combustível de sonhos não renovável, a moeda mais poderosa do mundo, enquanto pessoas e empresas miram em dinheiro. O que é mais importante dinheiro ou tempo? Já parou para pensar em quanto tempo desperdiçou em sua vida? Muitos usam esse tempo para criar conflitos entre pessoas amadas, outros para curtir os amigos, alguns se divertem em redes sociais o tempo todo, enquanto as crianças clamam por um presente, tempo com seus pais.
Não fique triste, existe solução para isso. Aprenda 3 passos importantes para responder a uma simples questão: O que queremos neste Natal?
Natal 1: Queremos acordar para a realidade.
Acostumamos a pensar que temos tempo de sobra para alcançar nossas metas pessoais e profissionais, e por isso procrastinamos nossos presentes. Muitas pessoas estão acima do peso, envidadas, ou conseguem parar de fumar, não tem tempo para seus filhos, amigos e familiares. Dessa forma maridos, esposas, pais e mães planejam melhorar seus casamentos e relação com os filhos, algum dia talvez. Hoje é o dia do chega, o dia de “a cor dar”, a cor da vida, a cor do presente, de se fazer presente na sua vida e na vida das pessoas que você ama.
Assuma definitivamente as rédeas da sua essência, da sua história, das suas atitudes, dos seus valores e do uso que você faz do presente chamado de tempo.
Natal 2: Defina com precisão seus presentes, sua visão.
A falta de sonhos, de visão e de presentes, leva uma pessoa, uma família, uma empresa às ruínas. Por isso sempre que conseguir criar uma visão, um sonho para sua vida, ganhará energia renovada, ganhará de presente algo que talvez até hoje não tenha encontrado, tempo para ser feliz.
Quando você define com clareza onde quer chegar, com uma visão clara e precisa do seu presente, não precisa de chefe, não precisa de ordens, apenas da sua força interna para ganhar seu verdadeiro presente.
Natal 3: Peça de presente: sabedoria e faça dela a base da sua vida.
Quando for pedir um presente, peça sabedoria, e faça dela a base, o alicerce para sua vida, para seus presentes. Busque com toda sua força encontrar a sabedoria, como se fosse um tesouro escondido no fundo do mar, e esteja atento, pois são raros os momentos em que ela surge diante dos nossos olhos. Entenda que não é árduo buscar sabedoria, é como um presente que precisa ser encontrado, é divertido e maravilhosamente recompensador encontrar a verdadeira sabedoria, talvez o verdadeiro presente na vida das pessoas neste Natal seja, encontrar a sabedoria.
Quando uma pessoa consegue encontrar o presente chamado sabedoria, consegue ter uma visão clara dos seus sonhos, consegue identificar o necessário e o que desperdício, consegue viver bem com tecnologias, dinheiro e pessoas. Aprende que o verdadeiro presente é o dia de hoje.
Assim chega o Natal, onde pessoas aguardam esse momento para dar presentes, para se reunirem e comemorar, ou seja “com memória”. Mas qual recordação, memória, estamos deixando para nossos entes queridos? Então busque dar de presente, a você mesmo e seus familiares: a cor da vida, acordar para a realidade, descobrir quais são seus verdadeiros sonhos, através de uma visão clara e objetiva, e buscar como se fosse o último tesouro escondido a sabedoria para entender que somos filhos de um mesmo Pai e que queremos sabedoria de presente nesse Natal.
Comemore, brinde, pule, grite, sorria e vida os seus 86.400 segundos que ganhou de presente no dia de hoje. Com muita sabedoria, com a certeza de que realizará seus sonhos e estará presente na vida das pessoas que você ama.
Este artigo foi escrito pelo meu amigo Educador Financeiro, Anderson Gonçalves e que nos deu de presente este texto. Então pensei porque não compartilhar com os meus leitores e repassar este presente?...
www.paulocosta.com.br