quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

10 dicas para arrumar suas finanças no pós-Carnaval

O primeiro passo para deixar de dever é anotar todos os seus gastos, para saber onde se pode economizar.


O Carnaval acabou e, agora, como muitas pessoas dizem, o Brasil começa a funcionar como deveria. Infelizmente, é nesse período de “ressaca” que as pessoas percebem a grande armadilha financeira em que estão enfiadas, ainda mais por somar a esse período de festas as contas de fim e início de ano.

 
Hoje, no país, grande parte da população está endividada das mais diversas formas: cheque especial, cartão de crédito, empréstimos bancários, inadimplência ou, até mesmo, agiotas. Segundo a Boa Vista Serviços – empresa que administra o Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) –, a inadimplência aumentou 2,13% em 2014 (comparado ao ano anterior) e a expectativa para 2015 também é de alta de 3%.
 
Esse endividamento pode prejudicar toda a sua vida e a de sua família e a única alternativa para colocar as contas em dia é se conscientizar da importância de mudar a cultura financeira. Uma boa gestão financeira é fruto de uma série de pequenas ações, que levam ao controle das contas. O primeiro passo para deixar de dever é controlar todos os seus gastos, para saber onde se pode economizar.
 
Por esse motivo, desenvolvi algumas orientações para conseguir arrumar as finanças nesse período de pós-Carnaval:
 
1º - Realizar orçamento preventivo no qual deve constar o gastos como IPVA, IPTU, matrícula  e material escolar (se tiver filhos), além das férias.
2º - Fazer um fluxo de caixa,  informar em sistema ou planilha eletrônica o que irá pagar e receber nos próximos 12 meses.
3º - Não aplicar o seu dinheiro em um único investimento. Criar uma cesta de investimento (CDI/CDB, Previdência Privada, seguro capitalizado, etc).
4º - Evitar investimentos arrojados com taxas de juros agressivas, o que pode ser uma armadilha financeira. Aplique sempre em papéis e títulos com características moderadas, ou seja, sem grandes riscos.
5º - Antes de investir, consultar sempre um especialista em finanças; se não for possível, falar com gerentes de investimento dos bancos.
6º - Negociar e comprar com preço à vista, se não for possível, tentar negociar um valor à vista, mas pagá-lo a prazo.
7º - Planejar a aposentadoria por meio de uma previdência privada, criando hábitos e costumes para investir mensalmente, aplicando 10% do seu ganho mensal.
8º - Não entrar no limite do cheque especial e nem se endividar no cartão de crédito; os juros são muito altos.
9º - Comprar somente o necessário. Adie os seus desejos imediatos para a realização de grandes sonhos no futuro.
10º - O processo de reeducação financeira não é rápido. Não desista nos primeiros obstáculos. Persistência e disciplina é o grande segredo do sucesso financeiro. 
Reinaldo Domingos

Nenhum comentário:

Postar um comentário